Bandagem funcional

bandagem2.jpg
bandagem3.jpg
bandagem1.jpg

Trata-se de uma técnica que posiciona corretamente as estruturas musculares e articulares, proporcionando alívio das dores, relaxamento e bem-estar aos pacientes.A técnica utiliza meios que garantem o bom desempenho do organismo. Dessa forma, é possível ajustar o posicionamento para a obtenção de efeitos específicos como prevenção, tratamento e recuperação de lesões.

Os tratamentos fisioterapêuticos podem usar várias técnicas e recursos para garantir o restabelecimento dos movimentos. Entre as possibilidades está a bandagem funcional, que utiliza fitas adesivas com propriedades elásticas visando a modificação do alinhamento de várias estruturas do organismo.Para que ela proporcione bons resultados, precisa ser feita com o material correto e com base em conhecimentos adequados. Assim, é possível dar a sustentação ou o alívio necessário, de acordo com cada caso.

Como funciona a bandagem?

Essa técnica oferece aos músculos e às articulações exatamente o que eles precisam para garantir o máximo do seu funcionamento. Em lesões, é comum exercer uma tensão longitudinal, e a bandagem Kinesio Taping evita que o músculo seja exigido e se lesione ainda mais.

Ela também estimula a circulação ao redor da lesão, diminui cãibras e melhora a recuperação muscular.Dessa forma, há uma redução das dores e um aumento no desempenho do dia a dia ou na prática esportiva. Acima de tudo, essa bandagem funciona como um importante apoio para outras técnicas fisioterapêuticas, visando acelerar a recuperação de maneira estruturada.

Como a bandagem é aplicada?

A bandagem funcional é uma técnica eficiente, moderna e versátil para recuperar e evitar lesões. Embora seja mais utilizada por praticantes de atividades físicas, ela pode ser aplicada em qualquer tipo de pessoa que apresente dor ou limitação física.

Em alguns casos, é necessário acompanhar a direção do músculo para facilitar o seu movimento; em outros, a aplicação transversal gera tensão elástica, com o objetivo de imobilizá-lo e permitir sua recuperação. Também é essencial saber quais grupos isolar e qual tensão aplicar em cada parte. Isso maximiza o potencial da técnica e garante efeitos adequados.

Nesse sentido, para que a técnica realmente funcione, é importante que ela seja aplicada por um fisioterapeuta para garantir uma correta aplicação. Quando posicionada de forma errada, pode provocar efeitos contrários aos desejados. Além disso, a forma como ela deve ser colocada depende do tipo de patologia.

Cuidados na aplicação

Alguns cuidados devem ser observados na aplicação da bandagem, como:

Higienização — antes de aplicar é necessário limpar a pele com algodão e álcool. Para áreas com muitos pelos, a depilação é indicada;

Medição do tamanho de fita necessário — precisa ter a dimensão exata da região em que será aplicada;

Corte correto — a bandagem deve ser cortada com uma tesoura pelo lado do papel, em movimentos arredondados nas pontas para evitar que elas se soltem com facilidade.

Quais são os principais benefícios da bandagem funcional?

A bandagem funcional proporciona prevenção e tratamento de acordo com a técnica aplicada para atender às necessidades específicas. No geral, o tempo da terapia varia entre 48 e 72 horas, dependendo da resposta do organismo do paciente, do grau e do tipo de lesão.

Veja a seguir alguns dos principais benefícios que podem ser obtidos com a técnica:

 

Estabilização da articulação: estudos científicos evidenciam os benefícios das bandagens funcionais na estabilização articular. Uma pesquisa sobre o efeito dessa técnica na recuperação de ligamentos do tornozelo concluiu que ela é eficaz para o tratamento da lesão e que fornece apoio e proteção aos tecidos moles.Ela também promove a estabilidade articular com a utilização da bandagem do tipo rígido por estabilização estática ou elástica pelo mecanismo de estimulação dos músculos estabilizadores.Quando a fita adesiva é posicionada longitudinalmente, ocorre uma estimulação proprioceptiva das fibras musculares — se colocada transversalmente no músculo, há uma inibição dos movimentos.

Relaxamento da musculatura: ao ser colada na pele por meio de pressão sobre o músculo, a fita pode relaxar a região. Para tanto, é fundamental que ela seja posicionada no sentido da parte final para o início da estrutura muscular. Dessa forma, além de promover o relaxamento, ela alivia a dor.

Conforto do paciente: a bandagem elástica garante conforto e adaptação, pois contém elastano — material que proporciona elasticidade e alta flexibilidade —, o que possibilita um perfeito encaixe nas formas do corpo e o envolvimento dos tecidos e das articulações com mais precisão.

 

Outros benefícios

Além dos benefícios comentados, a bandagem terapêutica também proporciona:

reeducação postural;

redução de inflamações;

reabilitação física;

prevenção de lesões musculares e articulares;

melhora da circulação sanguínea;

aumento da propriocepção;

diminuição da dor.

 

A técnica representa um importante meio para a prevenção e reabilitação de lesões neuromusculares e articulares, sem necessidade de medicamentos. Nesse sentido, entender o que é bandagem funcional e saber como aplicá-la pode representar um diferencial para a carreira do fisioterapeuta.

Logo-WhatsApp-01.png